terça-feira, 14 de junho de 2016

Boa sorte, sucesso...






Você sonha, luta, prepara o show; investe tempo, dedicação, dinheiro e convida os amigos.

A grande hora! seu grande momento é chegado: então você compartilhará com seus amigos e convidados seu sonho, talento... Você quer compartilhar com eles aquilo que é importantíssimo pra você, muito mais que mostrar seu trabalho, ou uma estratégia de ganhar dinheiro; você quer compartilhar com eles seus sonhos sonhados e realizados, sonho esse que muitos desses amigos, durante o tempo de luta, te incentivaram e desejaram sucesso...

Você ensaia, e compra outros instrumentos; usa boa parte do seu tempo  convidando seus amigos a irem ao seu show, tenta conquistar...
Alguns amigos, você sabe que não comparecerá, pela distancia ou compromisso de trabalho, esses são os primeiros a te procurar e se lamentar por perder o show, outros você tem a certeza que irá, afinal, são tão amigos e você tanta outras vezes os prestigiou! Também tem alguns amigos que talvez você faça no momento do show.

Então você prepara o coquetel, se preocupa com cada detalhe para que seus amigos se orgulhem de você, comemore com você, dance contigo no seu show; aí as cortinas se abrem e... algumas daquelas pessoas que moram tão distantes estão lá, com sorrisão escancarado entre  sorrisos desconhecidos e outros tão comuns.

E lembra-se da quantidade de amigos que disse que iria, mas não foi... e nem fez questão de justificar, afinal: é só você com seu showzinho de garagem, mas já desejou boa sorte, sucesso, o que mais? 
Muitos te desejaram sucesso, mas em nenhum momento disseram que participaria... contribuiria com ele.

O show foi maravilhoso! graças aos amigos que vem de longe, aos que enfrentam qualquer dificuldade nessa hora e veio, os que passam mesmo que apenas para te dar um abraço, e graças também aqueles que apareceram do nada, porque ouviram falar de você e então se tornaram seus amigos, porque se dependesse daqueles tantos que você jamais imaginou que faltariam no seu show, aqueles que você acreditou que poderia contar com a presença: às cortinas se abririam e não teria ninguém em casa. "Boa sorte, sucesso, mas eu não vou e tomara que alguém vá."

Pra mim isso tudo isso é maravilhoso! nenhum motivo para tristeza ou desanimo, só razões para peneirar... E pra você?

Vamos trocar, vamos tocar... 







sexta-feira, 29 de abril de 2016